Olá queridos amigos leitores, em nosso segundo post falaremos sobre o Própolis ou a Própolis (as duas denominações são válidas) e os benefícios que esse outro derivado das abelhas pode trazer ao ser humano. Acompanharemos basicamente o mesmo modelo de dissertação do artigo sobre o Mel, tentando abordar de forma simples e clara os pontos chaves e mais importantes sobre o assunto.

Definição

A Própolis é uma substância resinosa produzida pelas abelhas através da mistura de sua saliva e de resina, coletada nas gemas das plantas.  A Própolis é encontrada na colmeia, geralmente em estado sólido ou viscoso, tampando pequenos furos, gretas e espaços abertos que possam ser utilizados por fungos, bactérias ou outros insetos para invasão. Sua principal função portanto é a de defesa da colmeia, funcionando como uma vedação contra seus inimigos naturais. Possui na maioria das vezes cor escura podendo variar de acordo com a origem da resina coletada pelas abelhas e utilizada em sua formação.

própolis e seus benefícios para o homem

Própolis extraída in natura

Como a própolis é produzida pelas abelhas

As abelhas coletam a resina das plantas principalmente nas regiões chamadas de gemas, que nada mais são que as regiões de brotos e ponteiros.  Com a mandíbula e língua realizam a mistura da resina com sua saliva e a estocam momentaneamente na parte de cima das patas posteriores, chamada de corbícula. Após armazenarem a quantidade suficiente de resina, voltam e depositam-na na colmeia, onde outras abelhas adicionam substâncias como cera e pólen formando assim a Própolis e a aplicam nas regiões específicas.

Ação da Própolis na Colmeia

Embora já tenhamos citado que a função da Própolis na colmeia é a defesa, cabe-nos explorar um pouco mais como ela age. Além de ser depositada pelas abelhas nas frestas e furos da colmeia com o objetivo de protegê-las da invasão de microorganismos e do frio, a própolis por possuir efeito desinfetante é sempre encontrada na entrada da colmeia, ou seja, por onde as abelhas passam quando entram na caixa. O objetivo da própolis na entrada da colmeia é de  desinfetar as abelhas que estavam no ambiente externo para que não levem para o interior de sua morada microorganismos indesejados, mantendo assim a higiene e a saúde da comunidade. Quando um inseto chega a invadir a colmeia, ele é atacado e morto pelas abelhas que o embalsamam em própolis para que não haja a decomposição do corpo, mantendo a colmeia imune de bactérias e microorganismos prejudiciais. Acredita-se que essa ação da própolis já era observada pelos antigos Egípcios  que utilizavam Mel e Própolis para embalsamar seus mortos.

própolis e seus benefícios ao homem

Abelhas aplicando a própolis na colmeia

Tipos de Própolis

Em um estudo desenvolvido pela UNICAMP classificou-se a Própolis brasileira em  13 (treze) tipos, dos quais 3 (três) tipos recebem maior destaque pelas pesquisas já realizadas e estudo de suas características.

Própolis Verde: A sua origem botânica é a vassourinha do campo ou alecrim brasileiro (Baccharis dracunculifolia), encontrado no nordeste do estado de São Paulo e principalmente no sul do estado de Minas Gerais. Muito valorizado no mercado internacional a própolis verde é exportada principalmente para a Ásia onde é utilizado na produção de medicamentos. O preço de venda para exportação da própolis verde, que só existe no Brasil, pode chegar a R$ 140,00 o quilograma atualmente, o que é considerado um bom valor de mercado. Várias linhas de pesquisa são desenvolvidas atualmente em cima da própolis verde tanto no Brasil como no exterior e muitos pesquisadores encontram-se entusiasmados principalmente com sua atuação na prevenção e tratamento do câncer.

própolis e seus benefícios

Abelha coletando resina no alecrim brasileiro e a produção racional de própolis verde

Própolis Vermelha: A sua origem botânica é o marmeleiro da praia (Dalbergia ecastophyllum), encontrado principalmente nos manguezais dos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Um das diferenças da própolis vermelha em relação às outras, além da cor, é a presença de uma substância chamada isoflavona, um produto natural com grande de aplicação na indústria de alimentos e farmacêutica.  Muitas pesquisas também estão sendo desenvolvidas com esse tipo de própolis, principalmente no que diz respeito as propriedades antirretrovirais (contra a AIDS), como já foi comprovado em Cuba, e anticancerígenas.

própolis e seus benefícios

Abelha coletando resina no marmeleiro da praia e a produção racional de própolis vermelha

Própolis Preta: É o tipo mais comum de própolis encontrada no Brasil. Sua origem botânica são as plantas no geral, ou seja, em regiões onde não há nenhuma vegetação específica e expressiva, as abelhas coletam a resina de diferentes vegetais, produzindo assim a chamada própolis preta ou silvestre. Sua coloração é escura e geralmente ela é mais viscosa quando comprada a própolis verde, por exemplo. Possui pouco valor de mercado atualmente devido a sua abundância embora possua propriedades medicinais muito eficientes e ainda inexploradas.

própolis e seus benefícios

Própolis Preta

Composição da Própolis

A composição da própolis varia dependendo da região onde se encontra o apiário. Fatores como clima, tipo de vegetação, excesso ou escassez de água podem provocar mudanças em sua composição, por isso, as quantidades dos compostos presentes são estabelecidas através da média encontrada analisando diferentes porções da própolis no Brasil.

Composição da Própolis
Quantidade Composto
45-55% Resina extraída dos vegetais.
25-35% Cera que é adiciona pelas abelhas à Própolis.
10% Óleos essenciais lubrificantes.
5% Pólen
5% Ácidos graxos, ácidos orgânicos, vitaminas e minerais.
5% Materiais orgânicos como madeira, plantas, etc.

Uma análise mais específica da própolis leva ao reconhecimento de mais de 150 substâncias diferentes que a compõe, cada qual com seu grau de benefício ao ser humano.

Os benefícios da Própolis para o homem

A própolis é muito conhecida como antibiótico natural. Toda essa fama não lhe é descabida, na verdade vai corretamente de encontro às suas propriedades terapêuticas já estudadas e comprovadas. A cada dia, no entanto, surgem novas descobertas sobre a própolis e novas indicações para tratamento de diversos males. Vamos conhecer algumas das suas propriedades medicinais e as doenças que ela combate.

Antibacteriana: A própolis é eficiente na destruição de uma vasta gama de bactérias nocivas ao ser humano. Sua eficácia foi comprovada em bactérias Gram positivas (Bacillus brevis, B.polymyxa, B.pumilus, B. sphaericus, B. subtilis, Cellulomonas fimi, Nocardia globerula, Leuconostoc mesenteroides, Leuconostoc mesenteroides, Staphylococcus aureus e streptococcus faecalis) e Gram negativas (Aerobacter aerogenes, Alcaligenes sp., Bordetella bronchiseptica, Escherichia coli, Proteus vulgaris, Pseudomonas aeruginosa e Serratia marcescens) além de  Staphylococcus aureus e Sptreptococcus mutans. As bactérias sucumbem a ação da própolis que com seu conjunto de componentes forma um antibiótico muito eficiente. Possui como vantagem em relação a antibióticos sintetizados em laboratório o fato de as bactérias não desenvolverem resistência à própolis. Por essa sua propriedade é muito indicada no tratamento de doenças como Anginas, amidalites, faringite, laringite, gengivite, estomatites, abcesso dentário, attas, sinusites, bronquites, pneumonias, gripes, rinites, entre outras.

Antiviral: A ação antiviral da própolis é conhecida principalmente pelo seu ótimo efeito contra alguns vírus, tais como: herpes, adenovírus, coronavírus, rotavírus, etc. Por isso sua utilização também é indicada contra doenças como herpes, gripes, resfriados, conjuntivite e dores de garganta.

Antifúngica: A própolis também possui ação antifúngica comprovada sobre dermatófitos, fungos M. canis, T. rubrum, T. mentagrophytes e Scopulariopsis, além de Aspergillus flavus entre outros. Sua ação antifúngica a torna capacitada para o tratamento de problemas de couro cabeludo, micoses em geral, frieiras, a doença popularmente conhecida como pé de atleta, etc.

Anti-inflamatória: A ação anti-inflamatória da própolis foi verificada com eficácia principalmente no tratamento de artrites, artroses e reumatoides  Pesquisas em laboratório chegaram a comparar a ação e eficiência da própolis à ação da substância conhecida  como Diclofenaco que é utilizada no combate a diversos processos inflamatórios.

Antioxidante: A atividade antioxidante da própolis combate os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento do corpo humano e da mutação do material genético. A presença de compostos fenólicos em sua composição química aponta para sua eficácia como antioxidante. Muitas pesquisas ainda estão sendo realizadas nesse sentido, no entanto, sua ação preventiva  ao envelhecimento celular já foi comprovada.

Anticancerígena: Alguns trabalhos desenvolvidos pelo Instituto Nacional do Câncer dos EUA apontam para atividade anticancerígena importante em alguns tipos de própolis. Os resultados obtidos na pesquisa foram entusiasmadores, quando verificaram que  a própolis foi capaz não só de inibir o crescimento de células cancerígenas quanto de destruir parcialmente as células já existentes. Estudos aprofundados estão sendo realizados nessa linha e as esperanças são muitas quanto a ação anticancerígena da própolis.

Cicatrizante e Regeneradora de Tecidos: A própolis é muito eficaz no tratamento de dermatites, feridas, úlceras e queimaduras devido a presença de flavonoides e aminoácidos em sua composição.

Anestésica: A ação anestésica da própolis a torna eficiente no combate a dores de garganta, amidalites, dores de dentes, etc. Estudos realizados com extratos etanólicos de própolis levaram a conclusão de que a sua ação anestésica é de 3 a 5 vezes superior que a da cocaína usada como anestésico na prática dental na antiga União Soviética.

Imunoestimulante: A própolis também possui efeito imunoestimulante, ou seja, estimula a produção de células produtoras de anticorpos, fortalecendo assim o sistema imunológico e aumentando a resistência a doenças e infecções.

Modo de usar a Própolis

os benefícios da própolis

A própolis é comumente utilizada em solução alcoólica, ou seja, diluída em álcool de cereais, no entanto, existem muitas outras formas de utilizá-la. Hoje em dia, qualquer laboratório ou farmácia de manipulação é capaz de formular e produzir sabonetes, xampus e loções à base de própolis, assim como, própolis em spray, cápsulas, etc.

Obviamente que toda e qualquer utilização de substância, mesmo tratando-se de um fitoterápico, deve ser receitada e acompanhada por um responsável habilitado, no caso um médico ou apiterapêuta, porém, nossa experiência de anos na produção, manejo e utilização da própolis, nos credencia a pelo menos publicar as formas mais utilizadas da própolis em solução alcoólica.

Para crianças: três a cinco gotas três vezes ao dia, diluídas em uma colher de sopa com água sem cloro e sem gás.

Para adultos: vinte a trinta gotas duas a três vezes ao dia, diluídas em uma colher de sopa com água sem cloro e sem gás.

A própolis pode ser misturada ao mel, o que ameniza o sabor e a torna quase imperceptível, além de proporcionar a potencialização de algumas de suas propriedades terapêuticas.

Para o tratamento de feridas e cortes o ideal é umedecer um algodão no extrato de própolis e passar levemente no local. Um pequeno ardor pode ocorrer devido principalmente ao álcool de cereais. O procedimento deve ser repetido duas ou mais vezes ao dia, deixando o ferimento tampado com gaze.

Para o tratamento de micoses deve-se pingar de 2 a 3 gotas sobre a região adoecida  pelo menos 2 vezes ao dia.

Conclusão

A própolis é uma substância natural, produzida pelas abelhas, que possui várias propriedades terapêuticas, algumas já comprovadas e outras ainda sendo descobertas. No geral utilizamos muito pouco a própolis em nosso dia a dia, principalmente pela falta de conhecimento dos benefícios que ela traz ao ser humano. Muitas de nossas doenças, como as já citadas nesse artigo poderiam ser tratadas apenas com a própolis, proporcionando economia, pois, o seu custo x benefício é muito maior, assim como, evitando os possíveis efeitos colaterais muitas vezes apresentados pelos medicamentos sintetizados em laboratório.

Gostaram do artigo? Comentem amigos! Ficaremos muito felizes em responder!

Se quiserem conhecer nossa loja virtual, comprar Mel Puro, Pólen, Própolis, Geleia Real e demais produtos apícolas, acessem: www.apiariomelbee.com.br

64 Comentários

  1. Maria Delourdes Amaral da Cunha

    Gostei muito do artigo sobre a propolis , e através deste artigo descobri que ela tem muito mais benifícios que eu poderia imaginar. Desde já agradeço e peço que quando surgir novas novidades que não esqueçam de nos repassar.Um abraço carinhoso.

  2. Maria Delourdes Amaral da Cunha

    Gostei muito do artigo e aprendi muito com ele.

  3. Peter Rooker

    Achei a algum tempo esse interessante artigo que também fala sobre mais benefícios do própolis http://www.pesquisasdogringo.com.br/como-propolis-mata-as-celulas-do-cancer-de-mama/

  4. WALTER PEREIRA LOPES

    gostei muito do comentario sobre o assunto, que o senhor jesus continua abençoando os seus

    trabalhos. melhor dar do que receber , partes, tiradas da palavra do senhor jesus.
    obrigado.

  5. marcelo henrique

    Excelente artigo. Uso própolis há vários anos e confirmo as informações plubicadas neste artigo. Segue uma dica: como eu curei uma forte sinusite: tomar uma dose acentuada de própolis (90 gotas por dia) quando a doença chegar. Como tratamento preventivo, bastam 20 gotas ao dia.

  6. Paulo Vitor

    Gostei muito do artigo, foi muito útil. Sempre que posso, acesso este site. Obrigado!

  7. Mariana Rocha

    Maravilhoso o artigo, muito esclarecedor, particularmente adoto a utilização de produtos naturais em primeiro lugar em tratamento tipo gripe, infecção na garganta, etc, agora entendi que o própolis pode ser usado em outras situações, grata pelas dicas ;)

    • Muito obrigado pelo comentário Maria! A própolis possui mesmo muitas aplicações! Algumas ainda até desconhecidas! Vamos divulgar esse maravilhoso medicamento! Grande abraço!

  8. Gostei do artigo , ja faço o uso do extrato do própolis , mas não sabia q era tão bom.

    • Muito obrigado pelo comentário Roseli! A própolis é mesmo uma dádiva! Vamos divulgar esse maravilhoso medicamento! Grande abraço!

  9. Gostei muito desta matéria pois estou fazendo este tratamento.
    Fico muito grato abraços
    Enio Corte

    • Muito obrigado pelo comentário Enio! A própolis é mesmo maravilhosa! Que você tenha sucesso no seu tratamento! Grande abraço!

  10. queria saber se o extrato de própolis e realmente bom p curar gastrite e bactéria h.pilori

  11. Gostaria de saber quantas gotas de própolis vermelha poderei tomar, pois, até agora não vi qualquer informação à respeito. Quando se informa a dosagem referem-se apenas às outras própolis.

  12. kelly cristina ramos

    Maravilhoso este artigo ;parabéns todas as minhas duvidas foram esclarecidas.Abraços!

  13. Parabéns ao tratar do assunto com tanta eficiência, utilizo vários produtos das nossas queridas abelhas, dentre eles além do própolis verde, pólen e mel. Com a matéria de vocês, fico com a certeza que estou no caminho certo, no uso correto para que atinja meus objetivos. Um abraço a toda a equipe.

  14. Marcelo do Nascimento Paula

    Olá amigos, muito boa a matéria, estou em tratamento de câncer de intestino, já fiz a 5ª seção de quimioterapia, porém a cada uma que vou fazendo minhas plaquetas baixam (Imunidade) e fui informado por uma parente de Brasilia que veio de férias para Imperatriz-MA, que a própolis ajuda muito na recuperação das plaquetas. Comprei e após ler esta matéria vou começar a usar, depois eu informo o resultado. Abraços.

    • Paulo Vieira

      E ai meu amigo, você está melhorando?
      Deixei seu email para termos contato, pois meu pai está com cancer, e gostaria de tirar umas duvidas com voce.

      Abraço!

  15. Pingback: Benefícios do Extrato de Própolis | Notícias Naturais

  16. luiz almeida

    Bom dia!Sou Médico Pediatra e ha mais de 20 anos uso própolis no tratamento de crianças com quadros de infecções respiratorias altas(amigdalites,sinusites) e baixas(pneumonias)claro que com critério e acompanhmento e posso assegurar que o seus efeitos são bastante evidentes.Inclusive como atuo em uma região de clima frio,Vitória da Conquista-bahia sempre oriento aos país usarem propolis diariamente nos períodos mais frios e pude comprovar que elas temos menos intercorrencias respiratórias quando assim procedem.Parabéns pela matéria.

  17. luiz almeida

    Bom dia!Sou Médico Pediatra e ha mais de 20 anos uso própolis no tratamento de crianças com quadros de infecções respiratorias altas(amigdalites,sinusites) e baixas(pneumonias)claro que com critério e acompanhmento e posso assegurar que o seus efeitos são bastante evidentes.Inclusive como atuo em uma região de clima frio,Vitória da Conquista-bahia sempre oriento aos país usarem propolis diariamente nos períodos mais frios e pude comprovar que elas temos menos intercorrencias respiratórias quando assim procedem.Parabéns pela matéria.

  18. Valentim Neves

    Infelizmente adquiri sinusite crônica devido a exposição do meu trabalho a fatores naturais diversos, começai a fazer uso da própolis com mel e inalação de descongestionante adquirido em farmácia de manipulação (com indicação de um profissional terapêutico), e após alguns dias comecei a ter melhoras nos sintomas da sinusite deviso a eliminação de secreções sinusais. Gostaria de receber mais informações e se estou no caminho certo. Obrigado.

    • Em razão de estar com rinite e faringite, durante três dias consecutivos, tomei 40 gotas de extrato de própolis (sem álcool, da Natu’s Minas), 4 vezes ao dia, misturada em suco bem forte de acerola com mel. Tive uma excelente recuperação, todavia, percebi que meu estomago e minha barriga incharam. Gostaria de saber se esse inchaço pode ser devido a alta dosagem de extrato de própolis.

      • Sergio Menegueli

        Lendo o artigo, notei que instintivamente já usava o extrato de própolis com álcool em machucados… e realmente o curava muito rápido… Também o uso em espinhas… amadurece a ponto de no outro dia já poder ver o pontinho branco de pus e com o próprio própolis no algodão a removo e vou passando-o até cicatrizar… comumente o uso antes de dormir em spray (Mel, própolis e gengibre) na boca como assepsia e prevenção bucal… Agora estou tomando o própolis sem álcool todos os dias para prevenção geral de meu organismo.

  19. Mari Fernandes

    Muito boa esta matéria eu fui indicada para fazer o uso d o extrato de propolis e vim tirar minhas duvidas fiquei muito satisfeita.

  20. Maria Claudete Piccoli

    Gostei muito da matéria, como tenho artrite vou começar a fazer uso da própolis…
    Parabéns a toda equipe.

  21. Fantástica matéria, porém acredito que o seu uso deva ser permanente,
    Muito obrigado

  22. Muito obrigado a todos pelos comentários! Na medida do possível responderemos a todos.

  23. Nilza Ap. Marin de Oliveira

    Muito boa esta matéria, perdi o olfato e o paladar fiz todos os exames top de linha
    tomei todos os remédios para o caso , porém não obtive resultado, então pergunto;

    Se Eu começar a tomar o Extrato de Própolis + ou – 03 vezes ao dia, poderei reverter o caso? Pois sinto quando é Frio ou Quente, Doce ou Salgado, Amargo ou azedo, porém , se Eu não ver o que vou comer não sei o que é.

    Gostaria de uma resposta se possível.

    Desde já agradeço,

    Muito obrigada,

    Nilza

    • Bom dia Nilza. Muito obrigado pelo seu comentário.
      A Própolis é uma substância fantástica… Utilizada comprovadamente para muitos problemas…
      Particularmente nunca tive conhecimento de um caso como o seu, más como é um medicamento barato e que pode ser tomado sem problema algum de contra indicação, vale a pena experimentar…
      Tome regularmente e depois nos informe os resultados!
      Se precisar adquirir pode encontrar em nossa loja virtual wwww.apiariomelbee.com.br
      Bom tratamento e melhoras!

  24. Roberto Ferreira lopes

    Olá gostei muito da matéria a dias estou lendo a respeito da propolis, pois tenho interesse de produzir a propolis verde em natura. Gostaria de fazer um curso a respeito da propolis e o de apicultor para o manejo adequado, moro em São Paulo mais sou de minas gerais da região de governador valadares se auguem souber de curso de apicultor em São Paulo eu agradeço…

  25. MADELEINE GIGLIO

    Gostaria de ser orientada se na Unicamp de Campinas oferecem curso da extração do propolis verde, tenho um sitio na cidade de Jarinu/SP e pretendo investir nesse seguimento, pois, sou profissional da area da saude.
    Grata,
    Madeleine

  26. Boa Tarde muito boa essa matéria , Eu gostaria da saber se o estrato da própolis vermelha serve para prostata almentada.

  27. Alexandre Silva

    Olá. Sou diabético. Minha preocupação é que efeito prejudicial própolis tem ou não sobre os rins?

  28. Otávio Franklin de Menezes Chaves

    Já sabia de muitas das propriedades do própolis, mas não sabia de sua ação contra as células cancerígenas. Apenas gostaria de pedir a vocês que continuem produzindo própolis, pois, quando grande parte da população souber de seus benefícios, o consumo será enorme.

    Um abraço!

    Otávio

  29. Lídio Godinho

    Bom dia; Eu sou Lídio Godinho, e uso própolis diariamente, me faz bem para respiração,e muito mais.abraço!

    • Denize Horta da Fonseca

      Faço uso de própolis verde, fabricado em Carmo de Minas, MG, Apiário Esperança. Normalmente diluo 7 gotas em uma colher de água mineral sem gás, uma vez por dia. Pelo que li e assisti no vídeo, que me apresentou a matéria de maneira bem explicada, deixou-me bem entusiasmada. Gostei muito do que vi. Mas mesmo assim tenho me sentido muito bem de saúde, apesar das 7 gotas.
      Gostaria de uma opinião a respeito.

      • Bom dia Denize. Muito obrigado pelo comentário. A posologia que utiliza da própolis é bem interessante. Por tratar-se de um produto natural, não tem contra indicações e o uso diário em doses pequenas, como você utiliza, vai atuar de maneira preventiva às doenças. Caso tenha alguma incidência de infecção, problema com bactérias ou fungos, pode aumentar a dose para um tratamento mais ágil e direto ao problema. Grande abraço.

  30. Estou aplicando própolis diretamente no interior da narina, além de aspirar como aerosol, 3 vezes ao dia para combater uma suposta sinusite fungica e tem dado ótimos resultados.

  31. José Miguel Neto

    Eu sempre soube que a própolis era tudo de bom só não sabia que era tanto, hoje eu utilizo de manhã e a noite 30 gotas de cada vês.

  32. Manuel Monteiro

    Cheguei ao conhecimento através de um casal amigo brasileiro que está a viver no Porto.
    Tenho tomado puro, cerca de 20 gotas três vezes ao dia e tenho me sentido fisicamente muito bem. a nível das gripes, dores de garganta e mesmo dores musculares.

    Um abraço
    Monteiro

  33. rosa guedes de melo

    Muito bom o artigo sou adepta ao propolis a anos e graças a Deus dengue até hoje nem pensar.

  34. Alzir Soares Da Silva

    Usei a própolis no passado, foi muito bom, mas desconhecia a maravilha que é. Com certeza voltarei a usar em breve.

  35. eduardo de martino

    BOA TARDE TOMO PROPOLIS A ALGUMAS SEMANAS RECOMENDADO POR UM FUMANTE COMO EU EM APENA DUAS SEMANA A TOSSE PAROU ESTOU DORMINDO MUITOMELHOR. RECOMENDO PARA FUMANTES 15 GOTAS NA PARTE DA MANHA E 15 A NOITE ,ME SINTO BEM MELHOR ,COMPRADO EM FARMACIA ,BARATO E EFICAZ,RECOMENDO

  36. Marcelo Goulart

    Ótimo artigo. Esclarecedor. Bebo todos os dias pela manhã, pelo senso comum, Detox, sua composição, duas folhas de couve, 1 laranja, 1 maçã média, espinafre (porção), ortelã, 4 gotas de adoçante e 20 gotas de extrato de propólis com, 65% Alcool Cereais e 35% Propólis, este provável ser o preto.
    Minha dúvida é saber se estes componentes no Detox + Propólis vem a potencializar os beneficios que cada componente proporciona ao homem ou alguns desses ingredientes equaliza seus efeitos ou até neutraliza-os.
    Como poderei medir a soma dos bebeficos desta mistura? Obrigado. Ah! Sou do Sul de SantaCatarina a 132Km da Capital.

  37. ely pereira da cruz junior

    faltou a explicação de como utilizar o própolis em alcool na forma de spray , como uso interno. quanto ao restante da matéria , só tenho a elogiar.

  38. bartolomeu augusto

    Fiquei muio feliz de tomar conhecimento dos beneficios da própolis. E esse artigo, então, me deixou muito mais empolgado.

    Muito agradecido!

  39. sergio ruiz de moraes

    posso tomar o estrato de propolis diluido com leite morno e mel de manhã e a noite

  40. Boa tarde!
    Achei muito interessante e bem explicada a matéria! Parabéns!
    Gostaria de saber se a cera contida em alguns extratos trazem também algum benefício, pois estou fazendo uso de um extrado com cera, mas gostaria de mudar para outro que não tivesse a cera, poid o copo fica muito empregnado.
    Faz alguma diferença no benefício do produto?
    Obrigada

    • Bom dia Rachel. Muito obrigado pelo comentário. A cera não tem serventia alguma, nesse caso. No processo de masceração da própolis toda a resina é transformada em extrato e a cera sobra como “impureza” que deve ser removida pelo processo de filtragem. Quaisquer dúvidas, estamos à disposição.

  41. Boa Tarde, confirmo tudo que esta escrito nesse artigo, eu minha esposa e meu filho começamos a tomar própolis diariamente apos recomendação de um amigo a 1 ano e meio, sinto que nossa imunidade aumentou muito, principalmente da minha esposa e do meu filho que tinham infecções de garganta periodicamente, após o uso diário do própolis, eles não mais tiveram esses problemas. muito bom mesmo…

  42. Gisele de Camargo Lima

    Pode tomar com leite morno?

    • Bom dia Gisele. Pode tomar sim! Inclusive pode misturar no suco, na água ou até mesmo ingerir puro. Grande abraço e obrigado pelo comentário.

  43. Yolanda Souza

    Boa noite! Gostei muito do artigo sobre a própolis e gostaria de esclarecer uma dúvida. Minha filha de 7 anos toma própolis diariamente em períodos em que surgem doenças cuja origem são vírus. Também toma quando ela reclama dor de garganta, resfriados, etc. Usamos própolis com mel. A dúvida é se há algum problema em usar a própolis por período longo, considerando a resina da sua composição.

    abraços,
    Yolanda Souza

    • Bom dia querida Yolanda. Muito obrigado pelo comentário no Blog. Não há problemas em relação à resina que é natural e sem contra indicações. Com certeza o uso da própolis é muito menos evasivo do que a utilização de qualquer antibiótico ou anti inflamatório sintetizado em laboratórios. Se você consegue tratar da sua filha com a utilização de um produto natural e saudável como a própolis em detrimento de remédios industrializados, está no caminho certo! Grande abraço.

  44. Fernando Assis

    Parabens pela matéria, Herbert. Agradeço em nome de todas as pessoas e em nome da saude e da vida. Precisamos de pessoas como você, que tem interesse no outro. Imagine o que seria um mundo assim.

    • Ola Fernando. Desculpe a demora em responder. Muito obrigado pelas palavras… Compartilhar boas informações é sempre muito gratificante. Grande abraço!

  45. Lúzia Lima

    Parabéns pela matéria esclarecedora, é disso que precisamos de profissionais comprometido para a melhoria de todos. Estou fazendo uso e acredito muito nos efeitos dos produtos naturais. Grande Abraço!

  46. Pingback: Cıvata

  47. Gostaria de saber se o própolis tem alguma ação repelente contra o mosquito da dengue ou os pernilongos em geral .

  48. Gostei muito da matéria! E já uso própolis verde já 1 ano e tem sido ótimo. Recomendo..

  49. Ligia carla

    Queria saber quantas gotas eu dou a meu filho de 8 anos. Ele peça 41 kilos. Grata!!!

    • Boa noite Ligia. Muito obrigado pelo contato. Pode dar 15 gotas duas vezes ao dia para ele que é suficiente. Grande abraço e obrigado.

Responder a Jundi Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Visit Us On TwitterVisit Us On Facebook